Virginia Costa

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Banff & Canmore

Passear pelas ruas encantadoras de Banff e Canmore é uma delícia.
Cada hotel tão simpático!
Eu contei aqui sobre o primeiro passeio e desta vez fomos visitar esse museu que mostra os animais típicos dessa região. Só a construção, de 1903, já é impressionante.
O trabalho feito em madeira é muito lindo.
A taxidermia, técnica da qual há registros desde 5000 anos antes de Cristo, cumpre aqui lindamente sua função de transmitir conhecimento. Vimos animais completamente diferentes dos nossos. São mais de cinco mil espécies na coleção desse museu.
 Esse é o beaver (castor). Ele tem um rabo bem peculiar.
Soube que tem um doce típico lá chamado Beaver Tail (Rabo de Castor) e achamos uma doceira que vende.
Não é sempre que se pode experimentar um doce com um nome desses. Repare que é uma massa com fermento que eles fritam e colocam a cobertura da sua escolha.
 
Eu comi só com canela e açúcar. É uma delicia, quentinho.
Em Banff fica esse hotel muito famoso que se destaca na paisagem, o Fairmont Banff Springs.  Eu contei AQUI sobre ele. Dá para visitar mas o estacionamento por hora é muito caro e desanima os turistas. Deve ser proposital.
Em Banff, para qualquer lado que você olhe, a paisagem é bonita e o rio Bow , que atravessa a cidade, ajuda a torná-la mais bonita ainda.
Um dia é pouco para conhecer vários museus e lojas únicas, algumas especializadas em produtos confeccionados pelas First Nations.
É uma delicia ver artesanato diferente.
Muitos produtos de pele. É que lá chega a fazer 30 graus negativos e o inverno é longo.
Uma curiosidade, papel (sem cheiro!)feito com fezes de alce. Hay que reciclar!
Canmore, uma cidadezinha bem ao lado de Banff, é no mesmo estilo encantador, rodeada pelas Rocky Mountains.
 Cheia de cantinhos bonitos.

O Canmore Hotel é o segundo hotel mais antigo do estado de Alberta ainda em operação.
Lojinha de sabonetes artesanais.
Enfim, a região é belíssima e vale qualquer esforço para chegar lá.

Camping em Banff

Na última vez que acampei acho que tinha uns 16 anos, numa praia na Califórnia e no Sequoia Park! Tempo de intercâmbio ainda. Minha "mãe" americana ficava no hotel e vinha nos ver durante o dia. Me lembro que adorei a farra mas hoje, com a idade, a coisa foi diferente.
O Parque Nacional de Banff é terra dos ursos e isso é um pouco inquietante. Pior é que lá tem o urso pardo (greezly bear), aquele enorme! Olhe só o molde com o tamanho da pata dele comparada ao black bear.
De qualquer forma achei um programa muito civilizado e o lugar belíssimo. Logo que chegamos no Tunnel Mountain Village Campground vimos um grupo de alces pastando bem ao lado, dentro do camping.
Havia vários desses esquilos, chamados de golfer, por todo lado.
Para que ninguém se empolgue em alimentá-los, a multa chega a $25 000 (dólares canadenses). 

As pessoas são muito comportadas, fica todo mundo literalmente no seu quadrado. É estritamente proibido deixar comida no camping quando não se está lá. Tem que deixar tudo trancado no carro e também recomendam a troca de roupas para dormir. As roupas que ficam com cheiro de fumaça devem ficar no carro e não na barraca. E eles passam de fato checando tudo. Um casal em frente tinha deixado um isopor só com uma cerveja dentro e os rondas levaram embora deixando um bilhete.
É que os ursos tem acesso livre e destroem os coolers atrás de comida. Tem até um pendurado na entrada mostrando o estrago que eles fazem.
A lenha está incluída na diária do camping. É só ir buscar. Cada lote tem sua própria churrasqueira também.
Vários banheiros espalhados pelo camping, aquecidos e impecáveis. Estava bem frio e era uma delícia entrar no banheiro.
Deu para tomar banho com tranquilidade. O pessoal deixa lá os celulares carregando, pode?
No mesmo lugar tinha pia para lavar louça com água fervendo!
Faz parte do programa fazer umas trilhas e conhecer os lagos ali perto, que são muitos. Esse é o Two Jack Lake.
Minha filha foi acampar semanas depois  naquela ponta que entra no meio do lago. Mais bonito impossível. Ali tem outro camping, o Two Jack Lakeside Campground.
Mesmo com tudo limpo e organizado, preferi dormir no carro. Esse negócio de dormir com filha adulta num colchão de ar de plástico é para os mais jovens. Fiquei bem no carro, verdade. Senti falta de cama, de criado mudo para por meus remedinhos, abajour, ai, ai. Valeu demais o passeio e o convívio com a família mas na próxima, vou seguir o exemplo da Mom, rsrsr. Passei da hora de acampar, triste constatação. Envelhecer é muito chato. 

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Bunkyo - Festival dos Imigrantes em Jacareí

Ainda dá tempo! Eu não conhecia esse festival e fiquei admirada com a organização e conforto. A tenda é bem ampla e tem estacionamento com seguro bem ao lado. R$ 20,00 mas é por uma boa causa. Entrada R$ 5,00 e idosos não pagam.
Não é programa para quem está de dieta, já aviso.
Fica difícil escolher em qual país você quer comer.
Meus amigos pediram um Eisbein ( joelho de porco). 
Veio um prato bem honesto, sem embromação e estava delicioso. Custou R$ 45,00 mas dava até para três pessoas.
Eu provei um docinho japonês, recheado com massa de feijão azuki. Me esqueci do nome, acho que é dorayaki. 
Vendem a bandeja ou avulso (R$ 2,00). Muito gostoso e não é muito doce, ainda bem. 
Tinha comida do México, entre outros países.
De Portugal comi o bolinho de bacalhau que também foi aprovado.
Lá acontecem várias oficinas e workshops gratuitas o tempo todo. Senti não poder fazer. Tem essa que usa flores secas prensadas (oshibana).
Tinha de origami em papel e de origami em tecido. Não precisa se inscrever. A foto acima é com tecido. 
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas
Quem faz é a Thais Kato. Um encanto de trabalho sem costuras e sem cortes. Peguei essa foto do Facebook dela AQUI
Muitos opções de doces e também artesanato no pavilhão de entrada.
Neste outro pavilhão tem comida japonesa e um palco onde acontecem apresentações.
A Associação Cultural e Desportiva Nipo- Brasileira, que organiza o evento, existe há quarenta anos em Jacareí.
Para saber mais, clique AQUI para ver o site oficial.